Área Restrita

Unijipa inicia construção de sua nova Sede e gestores divulgam novidades

01/06/2014
06/07/2016
Notícias
Graduação

 

 

No início da semana iniciou-se a terraplanagem do terreno que receberá as obras do novo prédio da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA), com previsão de inauguração para o próximo ano.

De acordo com Hildon de Lima Chaves, um dos sócios-proprietários da instituição, explica que a obra é um dos passos em um momento em que a UNIJIPA passa por uma fase de altos investimentos, que resultarão em uma faculdade mais moderna e estruturada para seus acadêmicos.

“Desde que o Athenas Grupo Educacional incorporou a UNIJIPA, grandes investimentos foram realizados , especialmente na expansão na grade de cursos, na infraestrutura e também em diversas facilidades que um Grupo Educacional proporciona, porém, uma nova sede se fez necessária para que fossem acomodados com conforto os acadêmicos dos atuais cursos e também dos próximos que já foram solicitados”, explicou Hildon.

Chaves conta ainda que o prédio tem seu prazo de entrega para o decorrer de 2015. “É uma obra realizada por uma técnica pré-moldada que agiliza o período de construção. Serão 6.000m² construídos em um terreno de 25.000m², onde estará a disposição de nossos alunos os laboratórios e salas de aula de última geração”, adiantou.

NOVOS CURSOS – Em 2013 os cursos de Enfermagem e Psicologia foram adicionados à grade de cursos da UNIJIPA, e Serviço Social em 2014. Segundo Hildon Chaves, novos cursos já estão em processo de solicitação e avaliação junto ao Ministério da Educação. “Foram pedidas recentemente graduações em algumas áreas da engenharia além de mais cursos de saúde, alguns deles inéditos em Ji-Paraná. Não é exagero nenhum afirmar que o próximo ano será o da consolidação da Unijipa como uma das grandes faculdades da região, o que certamente tornará Ji-Paraná um novo Polo Educacional no Estado”, concluiu.

 

Veja Também

22/05/2018
Graduação

Acadêmicos de Enfermagem apresentam o trabalho de conclusão de curso

Entre julho de 2017 e maio de 2018, os acadêmicos do 10º período de Enfermagem apresentaram ao público o resultado dos seus trabalhos de conclusão de curso, baseados na metodologia de problematização. “O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), destina-se à elaboração do projeto fundamentado na metodologia da problematização: Arco de Maguerez, devendo contemplar problemas reais da profissão, os quais corroboram o perfil do egresso, suas competências e habilidades, a fim de promover a inter-relação entre teoria e prática profissional”, explicou Prof. Alexandre Zandoni...

02/08/2011
Institucional

advogados-de-rondonia-terao-descontos-nas-pos-graduacoes-do-athenas

Na última semana, a Sociedade Pimentense de Educação e Cultura – SOPEC assinou um convênio com a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia, ficando acordado que os profissionais devidamente registrados na OAB-RO e seus dependentes legais passam a ter direito a 20% de desconto para as pós-graduações ministradas pela SOPEC nas instituições de ensino em que os cursos são oferecidos, no caso, nas estruturas das faculdades geridas pelo Athenas Grupo Educacional, sediada em Ji-Paraná.   O objetivo do convênio é conceder, através dos Cursos de Pós Graduação e MBA das instituições que hoje compõem o Athenas Educacional, uma valiosa oportunidade de especialização...

01/06/2015
Institucional

Refugiados ensinam idiomas a partir de experiências

“Cara, hoje em dia a gente está vendo a importância de aprender de um jeito diferente. Se você percebe que tem pessoas demorando muito para aprender e falar uma língua, significa que tem alguma coisa errada”. É com um português na ponta da língua que Alphonse Nyembo Wanyembo, congolês de 29 anos, se entusiasma ao falar do Abraço Cultural, iniciativa baseada em São Paulo que coloca professores refugiados em contato com brasileiros que buscam aprender um novo idioma.

27/04/2015
Institucional

Ministro quer integrar sistemas de acesso ao ensino superior

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, quer integrar os sistemas de acesso ao ensino superior. Segundo ele, a pasta pretende facilitar a inscrição do aluno aproveitando os dados inseridos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os programas de acesso à universidade: o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). De acordo com o ministro, o sistema deve ser implantado no fim do ano.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem