Docente da Unijipa realiza I Oficina de Fitoterápicos da cidade de Urupá

athenas Farmácia, Institucional

O Professor Dr. Ely Camargo falou sobre o uso de medicamentos fitoterápicos no último sábado (08 de setembro), no Salão da Igreja Católica, localizado em Urupá, dentro do Projeto Farmácia Viva.

A palestra, que contou com a participação dos alunos do quarto e oitavo períodos de Farmácia da Unijipa: Luciano Viana Dorazio; André da Silva Galdino, Camila Avancini e Eliel Luciano, falou de mitos sobre a especialização e forneceu informações úteis sobre este tipo de medicamento.

Segundo Ely, 30% de todas as medicações utilizadas são oriundas de plantas, entre elas a morfina e a aspirina, e mais de 50% das drogas que tratam as doenças. Ele alertou sobre os cuidados necessários, pois não há fiscalização da comercialização de chás e ervas, e muitos podem prejudicar a saúde. “A diferença entre a medicação e o veneno é a dose”, afirmou o professor.

Também foi explicado que a fitoterapia pode ser combinada com medicamentos, mas sempre com orientações médicas, pois seu efeito pode anular a ação dos remédios. Segundo o Prof° Ely, o Ministério da Saúde distribui oito tipos de fitoterápicos no Sistema Único de Saúde (SUS), como a alcachofra, o guaco e a unha de gato.

“O curso oferecido desperta nos acadêmicos o interesse por uma área de atuação profissional que tem tudo para crescer na região, em virtude da riqueza em plantas medicinais do Estado. Além disso, é uma forma de orientar a população em relação ao consumo de plantas, visto que essa é uma prática popular na região”, explicou Caroline Klein Maranho Salvi, coordenadora do curso de Farmácia.